Vereadores representam Ibiúna na instalação da Frente Parlamentar Regional em Socorro à Saúde

por Pedro Jorge Courbassier publicado 26/02/2018 15h55, última modificação 26/02/2018 16h15
Ismael Pereira, Jair Marmelo, Elisângela Soares, Rozi da Farmácia e Lino Jr. estiveram na cerimônia na Câmara Municipal de Sorocaba. Os dois primeiros são os representantes do nosso município na Frente.
Vereadores representam Ibiúna na instalação da Frente Parlamentar Regional em Socorro à Saúde

Vereadores Jair Marmelo e Ismael Pereira representam Ibiúna na Frente

A Câmara Municipal de Sorocaba realizou em seu plenário, nesta manhã de segunda-feira (26 de fevereiro), audiência pública para instalação da Frente Parlamentar Regional em Socorro à Saúde. De Ibiúna participaram os dois vereadores indicados pela Mesa Diretora para participar da Frente,  Ismael Pereira e Jair Marmelo, além de Elisângela Soares, Rozi Aparecida Domingues Soares Machado e Armelino Moreira Júnior/Lino Junior.

O evento foi presidido pelo presidente da Câmara de Sorocaba, vereador Rodrigo Manga, autor do projeto que cria o grupo e tem a participação de parlamentares das 48 cidades da área de abrangência Departamento Regional de Saúde (DRS-16), entre demais autoridades ligadas à área da saúde.

Na ocasião foi oficializada a composição da Frente Parlamentar e definido um cronograma de ações. Segundo o projeto, cada Câmara Municipal poderá indicar dois vereadores para compor a frente, cabendo essa indicação ao presidente da respectiva Casa de Leis. “Muita gente já confirmou presença e esperamos um plenário lotado, para início dos trabalhos dessa força-tarefa em prol da saúde”, explica Rodrigo Manga.

Objetivo e prazo – O Projeto de Decreto Legislativo nº 01/2018, que cria essa Frente Parlamentar, foi aprovado por unanimidade dos vereadores de Sorocaba, em 15 de fevereiro. A iniciativa tem como objetivo integrar as Câmaras de Vereadores da região, visando identificar a demanda de atendimento do Sistema Único de Saúde (SUS) nessa região, sobretudo nas questões que concernem ao Conjunto Hospitalar de Sorocaba (CHS), hospital de referência da região.

Entre outras ações, a frente realizará estudos visando melhorar o atendimento público, além de identificar falhas e irregularidades. Os trabalhos da frente serão realizados no prazo de 90 dias, podendo ser prorrogados por igual período.

Municípios participantes - Compõem o DRS-16 os seguintes municípios: Alambari, Alumínio, Angatuba, Apiaí, Araçariguama, Araçoiaba da Serra, Barra do Chapéu, Boituva, Bom Sucesso de Itararé, Buri, Campina do Monte Alegre, Capão Bonito, Capela do Alto, Cerquilho, Cesário Lange, Guapiara, Guareí, Ibiúna, Iperó, Itaberá, Itaoca, Itapetininga, Itapeva, Itapirapuã Paulista, Itararé, Itu, Jumirim, Mairinque, Nova Campina, Piedade, Pilar do Sul, Porto Feliz, Quadra, Ribeira, Ribeirão Branco, Ribeirão Grande, Riversul, Salto, Salto de Pirapora, São Miguel Arcanjo, São Roque, Sarapuí, Tapiraí, Taquarivaí, Tatuí, Tietê e Votorantim, além de Sorocaba, que terá quatro vereadores na frente.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.